O Ministério da Saúde recomenda que a gestante visite o médico pelo menos seis vezes até o parto, mas o ideal é que essa frequência seja maior. Com este procedimento, além de monitorar o desenvolvimento do feto, detecta-se precocemente problemas de saúde.

Saiba o que os exames laboratoriais auxiliam no pré-natal:

Exames de Sangue:

- Determinar o tipo sanguíneo da gestante;
- Dosar hormônios e anticorpos da tireoide;
- Detectar possíveis infecções (sífilis, HIV, hepatites A, B e C);
- Verificar anemia;
- Medir os níveis de açúcar do sangue – Glicose em jejum;
- Exames para doenças como rubéola, citomegalovírus e toxoplasmose;
- Pesquisa de trombofilias congênitas.

Exames de Urina e Fezes:

- Detectar infecção urinária;
- Controlar o desenvolvimento de uma possível pré-eclâmpsia;
- Investigar a presença de parasitas intestinal.

A candidíase vulvovaginal é uma patologia muito frequente, atingindo 75% das mulheres em alguma fase da vida. Cerca de 5% destas terão candidíase vulvovaginal recorrente, definida como quatro ou mais episódios a cada 12 meses.

Essa infecção caracteriza-se por prurido, ardor, coceira intensa, dispareunia e pela eliminação de corrimento vaginal em grumos, branco, espesso e inodoro. Por vezes, acompanhada de ardor ao urinar e sensação de queimadura. Os principais fatores de risco são: gestação, contraceptivos orais, antibioticoterapia, diabetes mellitus, hábitos alimentares irregulares e uso de vestimentas que propiciem o desenvolvimento de fungos. Para o diagnóstico, pode ser solicitado o exame direito da secreção para pesquisa de fungos ou Trichomonas.

O Espermograma é um exame laboratorial que analisa a qualidade do sêmen do paciente através de uma amostra coletada pelo próprio homem. Com ele, é possível verificar se os espermatozoides se encontram em condições de chegar com vida ao óvulo nas trompas da mulher, após o ato sexual.

A coleta é feita por meio da masturbação e, para isso, o laboratório oferece estímulos visuais como filmes e revistas. Para realizar a coleta é essencial que o paciente tenha abstinência sexual de 3 a 7 dias, não apenas do sexo, mas também da masturbação e qualquer outra ação que cause a ejaculação. Não é preciso jejum alimentar.

O exame pode analisar desde o aspecto do ejaculado em si, até a quantidade e as condições dos espermatozoides presentes na amostra, com isso, é possível verificar como está a fertilidade do homem, próstata, volume, viscosidade, liquefação, coloração e pH

O câncer de intestino é um tumor que se desenvolve no intestino grosso e tem como principais sintomas: diarreia, prisão de ventre, sangue nas fezes, perda de peso e fraqueza.

A doença pode ser prevenida com a prática de atividade física e alimentação saudável, além da redução do consumo de bebidas alcoólicas. A realização periódica de exames, tais como o PSO (Pesquisa de Sangue Oculto nas Fezes), podem auxiliar na identificação precoce do problema, aumentando, assim, as chances de cura.

A pesquisa de sangue oculto nas fezes deve ser realizada por homens e mulheres a partir dos 40 anos ou que possuem histórico familiar de câncer colorretal. Ele também pode ajudar a identificar pólipos no cólon e reto ou doenças inflamatórias intestinais, como doença de Chron ou colite.

O diagnóstico do câncer de intestino é feito por uma biópsia conhecida como colonoscopia.

Previna-se, mantenha uma rotina saudável.

A hepatite é a inflamação do fígado, que pode ser provocada por:

- Infecção com vírus da hepatite A, B, C, D, E, G; bactérias ou parasitas causadoras da hepatite;
- Uso não controlado de alguns medicamentos;
- Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;
- Ingestão de cogumelos venenosos.

No Brasil, as hepatite mais comuns são provocadas pelo vírus A, B e C. Os sintomas normalmente se manifestam na fase aguda da doença, que podem ser:

- Dor de cabeça e mal-estar geral;
- Dor e inchaço abdominal;
- Cor amarelada na pele e na parte branca dos olhos;
- Urina escura;
- Fezes claras;
- Náuseas, vômitos e emagrecimento sem causa aparente.

Ao desconfiar de qualquer sintoma, o paciente deve procurar um médico. A presença do vírus da hepatite pode ser detectada através dos exames laboratoriais HAV IgG e IgM, AgHBs, anti-HBs e anti-HCV, realizados pelo nosso laboratório.

 

A tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada pela micobactéria Mycobacterium tuberculosis que ataca os pulmões. Altamente contagiosa, pode ser transmitida de uma pessoa para outra pela inalação de gotículas da saliva ou da tosse de indivíduos contaminados.

Seus sintomas podem ser tosse frequente seguida de febre por mais de 3 semanas, catarro de aspecto amarelado ou com sangue, sudorese noturna, perda de peso, falta de apetite e fraqueza generalizada.

A tuberculose tem cura! Por isso é importante procurar o médico ao suspeitar de qualquer sintoma. O médico pode solicitar os exames:

- Exame de escarro ou de baciloscopia, que faz uma análise direta da secreção excretada pelos pulmões;
- Teste Tuberculínio ou PPD, um teste cutâneo para se determinar a reatividade do indivíduo à proteína do bacilo.

Pagina 1 de 5

O pré-natal é uma segurança para a mamãe e para o bebê!

O Ministério da Saúde recomenda que a gestante visite o médico pelo menos seis vezes até o parto, [ ... ]

Candidíase: a segunda infecção VAGINAL mais frequente no Brasil!

A candidíase vulvovaginal é uma patologia muito frequente, atingindo 75% das mulheres em alguma fase [ ... ]

ESPERMOGRAMA Avaliando a fertilidade masculina

O Espermograma é um exame laboratorial que analisa a qualidade do sêmen do paciente através de uma [ ... ]

(83) 9. 9315.1500 (83) 3531.4484 Dúvidas e Orçamentos das 06h às 12h e das 14h às 17h30min

  

© Laboratório de Análises Clínicas Dr. Ivan Cavalcanti - Cajazeiras/PB - Todos os direitos reservados.

RESULTADOS DE EXAMES